Unidades São Bernardo do Campo e Bertioga - SP

Brasil - SBC - SP

Cel. +55 11 98205-9880

comercial@msclimatizacao.com.br

PMOC

28-02-2018 09:17

PMOC- Plano de Manutenção Operação e Controle

 

Todos os edifícios, públicos ou privados, serão obrigados a fazer a manutenção de seus sistemas de ar condicionado. É o que determina a Lei 13.589/18, de 4 de janeiro de 2018.

A lei já está valendo para novas instalações de ar condicionado. Para sistemas já instalados, o prazo para cumprimento dos requisitos é de 180 dias depois da regulamentação da lei, a ser feita posteriormente.

Os edifícios terão que fazer a manutenção dos sistemas de climatização com base em um plano de manutenção, operação e controle, a fim de prevenir ou minimizar riscos à saúde dos ocupantes. O plano deverá obedecer a parâmetros regulamentados pela Resolução 9/2003 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e posteriores alterações, assim como às normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O objetivo da lei é garantir a boa qualidade do ar interior, considerando padrões de temperatura, umidade, velocidade, taxa de renovação e grau de pureza.

Atentos a essas questões, a M&S Climatização e Sanitização de Ambientes atende várias empresas e lojas comerciais, através de contratos de manutenção preventiva e corretiva de ar condicionado, no qual o equipamento tem um acompanhamento mensal, proporcionando um melhor desempenho do aparelho, além de menores gastos com energia, uma vez que o aparelho estará sempre operando em conformidade com os padrões técnicos exigidos.

Vantagens de manter um Contrato de Manutenção de Ar Condicionado:

• Aumento do tempo de parada dos equipamentos, reduzindo efetivamente o custo com energia elétrica;

• Equilíbrio do sistema de refrigeração, favorecendo o prolongamento da vida útil do equipamento;

• Limpeza efetiva dos filtros evaporadores, obtendo ar puro livre de bactérias responsáveis por doenças respiratórias;

• Melhorias na qualidade do ar interno;

• Melhor funcionamento do compressor, aumentando sua vida útil;

• Pronto atendimento na ocorrência de possíveis problemas;

• Redução no custo final de utilização e manutenção;

• Redução de gastos com a troca de peças, panes e quebras dos equipamentos;

• Utilização de mão de obra técnica especializada;

• Utilização de ferramentas adequadas à execução dos serviços.